BRAIN/GEDESF (UFF) e DTA (UFRJ) visitam a fábrica da Jaguar Land Rover.

Atualizado: 10 de ago.

Lucas Afonso

Doutorando em Sociologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal Fluminense (PPGS-UFF) . Mestre em sociologia (PPGS-UFF), graduado em Ciências Sociais - Licenciatura, pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro UFRRJ (2017) e Licenciado em Educação do Campo pela UFRRJ (2013). Tem atuação como educador popular em movimentos sociais do campo e atualmente pesquisa desenvolvimento territorial e estratégias corporativas das multinacionais automotivas.

Pesquisa em andamento.

Atualmente desenvolve pesquisa, junto ao BRAIN, sobre as estratégias corporativas na indústria automotiva, comparando duas montadoras multinacionais de veículos, em Itatiaia-RJ e em Goiana-PE.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6281967222346635




Avançando na pauta sobre o setor automotivo no Sul Fluminense, o projeto Brazilian Research in Auto Industry (BRAIN) da Universidade Federal Fluminense e o Núcleo de Pesquisa Desenvolvimento, Trabalho e Ambiente, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, realizaram, no dia 04 de agosto de 2022, uma visita às instalações da planta da Jaguar Land Rover (JLR) em Itatiaia – RJ.

A visita foi concedida por Oscar Neto, diretor da planta e coordenada pelo doutorando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFF, Lucas do Amaral Afonso. Dentre os visitantes, estavam presentes o Prof. Dr. Raphael Lima (UFF), coordenador do BRAIN/GEDESF, a Profa. Sabrina Dias (UFF) e a Profa. Marina Cordeiro (UFRRJ). O grupo foi recebido por Glaucia de Carvalho, assistente do diretor da planta e conduzido por Pedro Gandini, Gerente de Operações.

A planta da JLR em Itatiaia faz parte do grupo Tata Motors, que atualmente tem 1 milhão de funcionários ao redor do mundo e é a maior consultoria de SAP do mundo. A JLR, por sua vez, embora integrante do grupo, goza de autonomia na definição dos seus negócios. A planta de Itatiaia está localizada numa área de 1,2 milhão de metros quadrados e tem capacidade produtiva para até 24 mil carros/ano. Com 406 funcionários, produziu até o momento 16 mil veículos dos modelos Discovery Sport e Evoque, que voltou a ser produzido em 2021, após uma breve interrupção.


O trabalho realizado na planta de Itatiaia demonstra o objetivo da fábrica no Brasil: ser um hub da marca na América Latina. A visita foi dividida em três partes: no primeiro momento, os visitantes foram instruídos sobre as normas técnicas de segurança, em um segundo momento, houve uma apresentação institucional da fábrica e da estratégia atual da marca e, por fim, o tour pela área de manufatura, no qual os visitantes puderam acompanhar o, como afirmou Gandini, “o caminho feito pela montagem”.

Ao final do tour, houve um bate papo no qual os visitantes puderam fazer perguntas ao anfitrião Pedro Gandini. As perguntas foram direcionadas, principalmente, sobre as questões de mercado internacional e processos de manufatura, com enfoque sobre a estratégia local da planta em Itatiaia.


139 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo